Ir para a informação principal da página
Escola+

Escola+ - Partilha e Divulgação de Informação a Pais e Encarregados de Educação

Atualizar os dados de uma Associação de Pais e Encarregados de Educação

Simbolo de actualização de dados

IMPORTANTE:

  • Peça apoio na Federação de Associações de Pais e Encarregados de Educação da sua região e no balcão da “Associação na Hora”;
  • Certifique-se que cumpre com todas as indicações que receba, por ordem e dentro dos prazos legais estipulados;
  • Em todos os contactos que tenha com os diversos intervenientes (Registo Nacional de Pessoas Coletivas, Finanças, Federação das Associações de Pais, Direção da escola, Banco, etc.) verifique se está a fazer de forma correta e se existem novos procedimentos a efetuar;
  • A informação facultada pela Plataforma Escola+ tem unicamente o intuito de ajudar a entender as várias fazes do processo de atualização dos dados de uma Associação de Pais/EE. Não substitui o apoio que deve ser solicitado às associações/federações e organismos competentes. Os documentos de apoio disponibilizados são a título de exemplo, devem ser adaptados a cada situação e a possíveis alterações nos procedimentos.

Atualização de Dados nas Finanças

As Associações de Pais/E.E. devem atualizar nas Finanças a respetiva informação sempre que iniciem atividade ou alterem:
  • A composição dos Órgãos Sociais;
  • Alterem os Estatutos;
  • Alterem o N.I.B/IBAN da conta bancária;
  • Alterem o N.I.P.C. (Número de Identificação de Pessoa Colectiva).
  • No caso de Início de Atividade.

Esta informação deve ser atualizada nas Finanças até 15 dias após a alteração ocorrida.

Devem ser apresentadas, na repartição de Finanças, as cópias dos comprovativos dependendo do tipo de alteração:

  • No caso de Início de Atividade - "É necessário que seja entregue a declaração de início de atividade, no prazo de 90 dias a partir da data de inscrição no Registo Nacional de Pessoas Coletivas e que sejam promovidas as necessárias atualizações do cadastro fiscal, através de entrega de declarações de alterações."
  • Ata da Assembleia Geral que elegeu os Órgãos Sociais;
  • Ata da respetiva Tomada de Posse;
  • Estatutos da Associação de Pais /E.E. com a publicação no Portal do Ministério da Justiça;
  • Cartão da Pessoa Coletiva da Associação
  • Documento com a indicação dos elementos que integram os Órgãos Sociais mencionando os cargos, N.I.F.'s e N.I.B/IBAN da conta bancária. (Exemplo de documento em formato *.xls / Exemplo de documento em formato *.ods)

Aconselhamos que a Associação de Pais constitua uma pasta completa com estes documentos e os mantenha atualizados, para que esta esteja sempre na posse da pessoa que trata dos assuntos relacionados com aspetos legais da Associação, para que nunca falte nenhum documento e o tratamento das situações seja rápido e produtivo.

Aspetos fiscais

IRC:

  • A associação de pais tem de entregar anualmente a declaração modelo 22. No anexo D, devem especificar os rendimentos líquidos isentos (destinada a servir de base à liquidação do imposto - até 31 de maio).
  • Declaração anual - IES (comum ao IRS, IRC, IVA e Imposto de Selo) com objetivo de natureza estatística e de controlo inspetivo (até 15 de lulho) - Deve ser enviado de forma eletrónica até ao dia 15 de julho: http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/modelos_formularios/decl_anual_inf_contabilistica_fiscal.
  • As quotas pagas pelos sócios e os subsídios obtidos são rendimentos não sujeitos a IRC, contudo têm de ser declarados no modelo 22.
  • "Os donativos, desde que destinados à direta e imediata prossecução dos fins dos estatutos da associação, são rendimentos isentos de IRC."
  • "A lei do OE/2016 veio alargar as isenções de IRC aplicáveis às associações de pais. Assim, passa a prever-se a isenção para todos os rendimentos obtidos por associações de pais (comerciais, mais-valias, prediais), com exceção dos rendimentos de capitais, mas apenas quando a totalidade dos rendimentos brutos da associação sujeitos e não isentos de IRC não exceda o montante de 7.500 euros."
  • "Em IVA, ficam abrangidas pela isenção as quotas pagas pelos associados, bem como as operações realizadas em manifestações ocasionais destinadas à angariação de fundos, desde que previamente participadas ao Serviço de Finanças, com o limite de oito destas manifestações, por ano."

Informação completa em: http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/detalhe/as_associacoes_de_pais___aspetos_fiscais

Em caso de dúvida, contactar as Finanças:

Fontes de informação:

FAPCA - Federação das Associações de Pais do Concelho da Amadora

Jornal de Negócios - http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/detalhe/as_associacoes_de_pais___aspetos_fiscais

Portal das Finanças - https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/contactosEbalcao.action

Atualização de Dados na Segurança Social

  • Preencher o Impresso RV1011 preenchido com as respetivas alterações (http://www.seg-social.pt/formularios?bundleId=498684);
  • Apresentar o comprovativo de alteração de dados nas Finanças;
  • Anexar os documentos que comprovam a alteração de dados (Nomeadamente: Estatutos, Ata de Assembleia Geral, Auto de Tomada de Posse, Estatutos da Associação de Pais)
  • Anexar uma ata que especifique que nenhum membro da Direção da Associação de Pais é remunerado;
  • Anexar a lista com a identificação dos membros da Associação de Pais (Doc. 9 – Exemplo de Lista com identificação dos outorgantes: formato *.xls / formato *.ods).
  • A entrega dos documentos deve ser feita num balcão da Segurança Social.

Importante: a deslocação à segurança Social deve ser feita por marcação prévia para o número de telefone: 300 502 502, em alternativa pode ir no dia que desejar, contudo, alertamos que para assegurar atendimento ou ser atendido com maior rapidez pode ter de se deslocar com cerca de 3 horas de antecedência relativamente à abertura da delegação da Segurança Social.

Atualização de Dados no Banco

Os membros com poder de movimentação da conta devem-se dirigir ao balcão da respetiva agência bancária, com a seguinte documentação:

  • Identificação pessoal
  • Ata Assembleia Geral e Auto da Tomada de Posse
  • Ata onde conste quem tem o poder de movimentação da conta bancária
  • Respetivos comprovativos de morada
  • Poderão ser necessários os respetivos recibos de vencimento
  • Caso exista alteração mais dados da Associação de Pais, são necessários os respetivos documentos comprovativos.

A Direção da Associação de Pais/EE deve contactar previamente o respetivo banco para se certificar dos procedimentos e documentação necessária.



Ir para o início da página


Ligações Úteis:

  • Agrupamento de Escolas Fernando Namora
  • AAICA - Associação de Apoio e Informação a Cegos e Amblíopes
  • APPDA - Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo
  • Casa das Histórias mágicas
  • Missão Arco Íris Feliz
www.facebook.com
/escolamais.pt

Associações de Apoio:


Associação de Apoio e Informação a Cegos e Amblíopes - AAICA

AAICA - Associação de Apoio e Informação a Cegos e Amblíopes

Associação de Apoio e Promoção à Inclusão de Crianças com Anafilaxia - Missão Arco Iris Feliz

Missão Arco Íris Feliz

Associação Portuguesa de Dislexia - DISLEX

Intervir com crianças, jovens e adultos disléxicos

Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo - APPDA-Lisboa

APPDA - Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo


Projetos


Olhares com Inclusão - AAICA

Projeto Olhares com Inclusão

Somos a Associação de Apoio e Informação a Cegos e Amblíopes (AAICA), sem fins lucrativos,...


Calendário Escolar

(Estabelecimentos públicos da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário)

1.º período

Início: Entre 8 e 13 de setembro de 2017
Termo: 15 de dezembro de 2017

2.º período

Início: 3 de janeiro de 2018
Termo: 23 de março de 2018

3.º período

Início: 9 de abril de 2018
Termo:
6 de junho de 2018: 9.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade

15 de junho de 2018: 5.º, 6.º, 7.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade

22 de junho de 2018: Educação pré -escolar e 1.º ciclo do ensino básico