Ir para a informação principal da página
Escola+

Escola+ - Partilha e Divulgação de Informação a Pais e Encarregados de Educação

Iniciativa "Nôs Terra" | 10 de Dezembro | Fórum Luís de Camões | 9h30, 11h00 e 15h00

03-12-2018

Livro Storia Storia de Helena Centeio, contos tradicionais caboverdianos

No dia Internacional dos Direitos Humanos, o Fórum Luís de Camões recebe, dia 10 de Dezembro, a performance de teatro Nôs Terra, dinamizada pelos alunos e professores do Agrupamento de Escolas Fernando Namora e Associações de Pais.

A performance tem como base a inclusão, valorizando a origem e cultura de todos os alunos, levando-nos a conhecer uma história tradicional de Cabo Verde e a sua cultura.

"Nôs Terra", é uma iniciativa que tem como base a adaptação de um conto caboverdiano do livro "Stória Stória" de Helena Centeio (Chiado Editora), adaptado pela atriz e encenadora Ana Kerley (2D Produções), enquadrada nas comemorações do Dia Internacional dos Direitos Humanos, dia 10 de Dezembro.

Conta também com a presença de Helena Centeio, a autora do livro que serve de base à iniciativa.

Também participarão alunos da E.B. 2,3 Sophia de Mello Breyner Andresen, a Associação Cultural Moínos da Juventude e a contadora de Histórias Paula Afonso.

Os alunos, pais e professores poderão adquirir o Livro "Stória Stória" que estará à venda na iniciativa ou solicitando a um membro da Associação de Pais, é uma boa forma de apoiar a autora que apoia o espetáculo.

O empenho dos alunos, professores e parceiros, transforma em realidade mais um bom projeto que envolve a comunidade com a escola.

Não perca, Iniciativa "Nôs Terra" | 10 de Dezembro | Fórum Luís de Camões | 9h30, 11h00 e 15h00

Livro "Stória Stória"

Livro Storia Storia de Helena Centeio, á venda nas livrarias

Autora: Helena Centeio
Editora: Chiado
Preço: 12€

"No tempo em que eu era criança em Cabo Verde, não tinha electricidade e como também não havia televisão, sobrava-nos tempo na noite para gastar, ao luar ou na escuridão quase absoluta. Lembro-me que chegavam pessoas vindas de longe só para ouvirem as "stórias" contadas pelos mais velhos, como a minha mãe, que algumas vezes recebia até umas moedinhas. As rodas formavam-se no chão misturados por miúdos e graúdos. Os contos eram como o abrir de uma janela na mente para um mundo lindo e maravilhoso, cada um à sua maneira e onde na tela da noite pintavam-se cenas mirabolantes e fantásticas que nos maravilhavam a todos. De conto em conto se passava assim um espólio inesgotável de tradição e uma mensagem rica que misturava os continentes Europeu e Africano, como sempre acontecera de geração em geração. Agora já adulta, onde o tempo lentamente apaga e esta tradição se acaba, esforcei-me para não deixar perder no tempo aqueles meus contos de infância e pelo interesse e emoção que desperta nos meus irmãos, filhos e sobrinhos. Assim pensei então em escrever as "stórias" e preservar a nossa cultura tradicional, um testemunho para as gerações futuras. São a nossa herança cultural que me foram contadas em crioulo Caboverdiano, a língua que une o povo Caboverdiano em todo o mundo."

À venda nas livrarias!

Pode adquirir o livro numa livraria ou contactar a Associação de Pais da E.B. 2, 3 Sophia de Mello Breyner Andresen da Brandoa: apee.eb23.smbandresen@sapo.pt

Dinamização, Apoios e Divulgação:

(Por ordem alfabética)

Ir para o início da página

Ligações Úteis:

  • Agrupamento de Escolas Fernando Namora
  • AAICA - Associação de Apoio e Informação a Cegos e Amblíopes
  • APPDA - Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo
  • Casa das Histórias mágicas
  • Missão Arco Íris Feliz